Você tem vergonha de puxar assunto? Veja essas dicas!

O brasileiro é um povo muito comunicativo e friendly na essência, gosta de uma boa conversa e de usa-la para iniciar uma relação de interesse.

A frase acima está longe de ser uma regra. Pessoas são pessoas, e muitas têm vergonha e até medo de iniciar uma conversa com alguém que elas julgam interessante ou até mesmo por interesse profissional.

Mas a outra pessoa não é monstro de sete cabeças que vai simplesmente ignorar a sua iniciativa – ela terá pelo menos a educação, e se não tiver, certamente é você que não vai mais querer conversa com ele, não é mesmo?

Então devemos tentar sem medo – comunicar-se é algo que está no DNA de todos os humanos. Se você tem vergonha de puxar assunto, veja essas dicas. E certamente tudo ficará mais fácil.

Você quer puxar conversa com uma pessoa desconhecida?

O desconhecido sempre assusta, mas acredite: tudo começa pelo trivial.

Fale do que está acontecendo em torno de vocês. A beleza da livraria onde vocês estão, o metrô que está demorando demais ou o absurdo de preço de um item em uma loja.

O repertório é grande, as situações oferecem as mais variadas chances, sempre haverá um gancho bacana. Mas claro, evite as perguntas direta logo no começo. As afirmações podem criar o interesse pelo assunto.

Certo, não vem afirmação alguma à mente (dica: treine mentalmente para as próximas oportunidades), então podemos perguntar, mas algo mais interessante do tipo você gosta de Marvel? Ao vê-la folheando uma revista de super-heróis.

Se a pessoa não se interessar, vida que segue. Mas o não só existe pode tentamos o sim!

Você quer puxar conversa com uma pessoa conhecida?

Aqui pode ser um colega de trabalho de um departamento distante, um vizinho e detalhe: pode parecer mais fácil, mas pode ser justamente o oposto!

Pessoas que nos conhecem de alguma forma têm uma ideia formada, mesmo que superficial e previamente pensarão na intenção da sua aproximação. Então devemos buscar os pontos que podem ser comuns para uma conversa: lugares, amigos, situações.

E caso a pessoa fique resistente à conversa, seja delicada e termine o quanto antes. Ser invasiva com alguém que conhece nossos amigos pode não ser uma boa ideia.

Você quer puxar conversa com uma pessoa no mundo digital?

Muitas pessoas esquecem, mas existem regras de etiqueta para as conversas online, principalmente quando não conhecemos ou conhecemos pouco a pessoa.

Acessar o inbox e engatar uma conversa pode assustar o outro lado, nestes tempos de muita tecnologia e pouca privacidade. Portanto, primeira regrinha: respeite o status da pessoa.

Se você quer chamar no Whatsapp ou similar, certamente é o mais complicado neste ponto, e a melhor ideia pode ser cumprimentar, se apresentar e falar de algo do interesse da pessoa – tudo ao mesmo tempo. Dar bom dia e esperar que a pessoa responde pode ser boring se a pessoa espera que você continue.

E a maior das dicas: as palavras escritas têm um poder maior do que faladas, além de não podermos impedir que a pessoa leia – e você não vai ficar mandando e apagando mensagens, não é?

Você quer puxar conversa com o carinha que te interessa?

Essa é a parte que mais estremece quem tem a dificuldade de puxar conversa: chegar na pessoa que nos interessa emocionalmente.

A simples ideia de desinteresse é devastadora. Algumas táticas podem ajudar e criar um ambiente que ajude:

  1. Viu ele de longe? Procure um caminho que você possa cruzar com ele. Bota um sorriso bonito na cara e simplesmente diz oi! você aqui?. Tá bom, na rua dele não vale mas num bar ou mercado, você pega de surpresa. Se ele parar e te ouvir, meio caminho andado!
  2. Na internet, você pode pedir dicas de filmes, falar de um lugar ou algo que lembrou ele, perguntar sobre o último show da banda que ele gosta muito. Ou seja: pesquise sobre a vida dele. As redes sociais vão dar muitas pistas para engatar uma conversa – ou a dica de que ele está namorando, hora de guardar a ficha.

Se essas dicas já te ajudaram então veja mais em como seduzir um homem.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *